Please Like this, It helps a lot :) || Por favor Goste, isso ajuda muito :)

sábado, 17 de abril de 2010

Dorian Gray (2009)

Dorian Gray (2009)

Título Português: Dorian Gray

Realizador: Oliver Parker
Género: Drama, Fantasia
Elenco: Colin Firth, Ben Barnes, Rachel Hurd-Wood
Sinopse: Jovem e inocente, Dorian Gray (Ben Barnes) chega a Londres para mudar para a casa que herdou. Quase que imediatamente ele cai sob a influência de Lord Henry Wotton (Colin Firth), levando a uma vida de deboche e até chegar à violência. Ao longo dos anos, Dorian permanece como a sua aparência jovem, ao mesmo tempo que a sua imagem envelhece num quadro que foi pintado na mesma altura que chegou a Londres, reflectindo os seus excessos e vícios. Dorian escondeu esse quadro no seu sótão para que ninguém possa ver, mas quando encontra finalmente o amor verdadeiro, percebe que tem mesmo que guardar o segredo a todo custo. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Não conhecia este livro, nem mesmo a história, mas pareceu-me muito interessante quando vi o trailer. O filme parecia muito mais sinistro e assustador, mas não é esse o género de filme que pretenderam fazer. A história está interessante, o filme poderia estar mais impressionante para o espectador, seria mais interessante para o espectador. O drama é o aspecto mais importante, posteriormente algum romance, mas quando ao drama criado ficou muito interessante. O ambiente de imagem e o guarda-roupa também está muito bom, e envolve facilmente o espectador na história. Nota 4/5, está muito bom, e recomendo para quem aprecia este tipo de filmes. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 4-MUITO BOM
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Thirst (2009)

Thirst (2009) AKA Bakjwi

Título Português: Este é o Meu Sangue…

Realizador: Chan-wook Park
Género: Terror
Elenco: Kang-ho Song, Ok-vin Kim, Hae-sook Kim
Sinopse: Um padre de uma pequena cidade, voluntaria-se para uma experiencia médica, mas a experiência corre terrivelmente mal e um vírus transforma-o num vampiro. Agora, sem solução à vista, o padre vê-se num confronto psicológico entre a sua fé e as novas coisas que têm que fazer para sobreviver. Cedo descobre que ao beber o sangue de outros, fica mais forte e até curar-se de acidentes. Quase que sem ver razão para viver, deixa-se cair do prazer da carne e do sangue. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: "O cinema é japonês é interessante, e este tipo de filmes é normalmente feito de forma estranha. Mas na verdade está mais “estranho” do que estava à espera. A abordagem que eles fazer a este tema de “vampiros” é sempre mais impressionante que nos filmes normais, não quiseram mostrar um filme de “acção” com vampiros, mas um “drama” que teve uma abordagem interessante. Eles não tiveram qualquer problema em mostrar sangue, e tudo o que envolvesse sangue, isso torna o filme mais impressionante, mas por outro lado fica muito “estranho” para o espectador.
Para mim o grande problema deste tipo de filmes, e deste filme em concreto, é a língua. Eu não percebo a língua, tinha legendas e dá para acompanhar a história, mas não gosto de ver um filme com legendas porque perco o que se está a passar no filme ou mesmo alguma parte da história.
Nota 3/5, está interessante, visualmente em partícula, mas a língua é sempre um grande problema." [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

quinta-feira, 8 de abril de 2010

From Paris with Love (2010)

From Paris with Love (2010)

Título Português: De Paris com Amor

Realizador: Pierre Morel
Género: Acção
Elenco: John Travolta, Jonathan Rhys Meyers
Sinopse: Em Paris, um jovem empregado no escritório do embaixador dos Estados Unidos, uqe na verdade é um espião, é encarregue de uma missão mais importante e junta-se a um espião americano com uns métodos muito diferentes dos seus. Na sua missão eles vão descobrir um plano terrorista que irá acontecer na cidade de Paris. Juntos terão que impedir essa ameaça e matar todos os terroristas envolvidos no ataque. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Esperava um filme mais sério e sem o factor “comédia”, e acho que por vezes o factor “comédia” não jogou a favor do filme, mas sendo uma mistura dos dois géneros, no geral o filme até ficou engraçado. Gosto de John Travolta, mas não acho que fique bem em papéis que faz “comédia”. Dou nota 3/5 vale a pena ver e até está um filme bom, mas não vale o suficiente para dar nota 4/5 mas quase, porque até o vi duas vezes. As cenas de acção estão muito boas e realistas. Mas a cena da perseguição na auto-estrada não está lá muito boa e talvez seja a cena pior do filme. O Pior: A comédia por vezes não resultou muito bem e as cenas de perseguições de carros. O Melhor: As cenas de acção estão originais e interessantes. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Assassination of a High School President (2008)

Assassination of a High School President (2008)

Título Português: O Mistério dos exames Roubados

Realizador: Brett Simon
Género: Comédia, Crime
Elenco: Rumer Willis, Mischa Barton, Bruce Willis
Sinopse: Numa escola católica descobre-se que os exames foram roubados, a rapariga mais popular da escola vai juntar-se a um repórter da escola, para tentarem desvendar quem foi o responsável por isso. Mas irão descobrir que por detrás de um simples roubo, está uma conspiração maior do que qualquer um podia imaginar. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Apesar de ter no filme Bruce Willis, o filme não traz nada de especial para o espectador. A história até está um pouco interessante, mas não existe nada mais de importante que faça disto um bom filme. É um filme normal, com prestações normais, e uma realização que não é nada demais. Dou nota 2/5, até gostei um pouco da história, não é um filme que valha a pena estar no cinema, talvez para alugar e ver uma vez. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 2-NADA DE ESPECIAL
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

sábado, 3 de abril de 2010

Precious (2009)

Precious (2009)

Título Português: ?

Realizador: Lee Daniels
Género: Drama
Elenco: Gabourey 'Gabby' Sidibe, Mo'Nique, Paula Patton, Mariah Carey
Sinopse: Precious é uma adolescente obesa que está grávida, e que sofre constantes abusos físicos por parte da sua própria mãe. Ela luta para poder estudar e ter uma vida e um futuro melhor, mas com poucas ajudas nessa parte da cidade onde vive, é um sonho que parece impossível de se realizar. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: O filme nem está nada de especial, a história é dramática e está bem realizado, mas os actores nem estão assim tão bons. Não é um filme para ser nomeado para Oscar de melhor filme. O filme poderá “tocar” aqueles que cujas vidas são semelhantes, mas para o resto do público é um filme que não é interessante. Nota 3, até está bem realizado, mas é para um público específico. O Melhor: A realização. O Pior. A prestação de alguns actores. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Percy Jackson & the Olympians: The Lightning Thief (2010)

Percy Jackson & the Olympians: The Lightning Thief (2010)

Título Português: Percy Jackson e os Ladrões do Olimpo

Realizador: Chris Columbus
Género: Aventura, Fantasia, Comédia
Elenco: Uma Thurman, Rosario Dawson, Pierce Brosnan, Logan Lerman, Sean Bean, Kevin McKidd, Catherine Keener, Steve Coogan
Sinopse: Percy é um jovem que sempre se sentiu diferente, mas quando o quando alguém rouba o raio de trovão, ele irá descobrir que não é um jovem normal quando monstros e seres perigosos começam a persegui-lo na procura do raio de trovão. Percy vai aprender que na verdade é filho de um Deus, juntando-se a outros jovens também especiais, eles irão tentar encontrar o raio do trovão para o devolver aos Deuses, que estão prestes a entrar em guerra por causa disso. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Os acontecimentos desenvolvem-se muito depressa, sem nenhuma pausa para as personagens se adequassem aos factos. Parece que é um filme para um público que já conhece a história, e não para um completo leigo. Não existe uma história para envolver o espectador, apenas uma sequência de cenas para o entreter. A personagem “Percy” tanto está muito triste num momento, como já esqueceu sobre o assunto no memento a seguir. Coisas como, logo após acordar de estar inconsciente durante 3 dias por ter sido atacado por um mostro gigante, começa a lutar como qualquer guerreiro do grupo mesmo não tendo qualquer experiência. Não existe tempo para a personagem se adequar a nada do que acontece numa cena, o filme passar a correr para poderem mostrar o máximo de coisas possíveis, isso torna um filme muito fraco quanto à sua realização, se bem que quem escreveu o guião também não devia lá ser muito experiente. Os efeitos especiais não estão muito realistas na maior parte das cenas, nota-se bem que são coisas geradas por computador (CG) tala como os efeitos pirotécnicos em mistura com a imagem real, mas noutras vezes o CG até está muito bom, parecendo mesmo que foram empresas completamente diferentes a fazer as coisas. Os actores principais tiveram uma prestação fraca, os actores secundários e figurantes tiveram ainda pior. Grande parte das cenas não é original, e muitas das vezes são demasiado previsíveis. Em resumo… o filme está um bocado estúpido e está demasiado mal feito! O Melhor: Algumas cenas em 3D estão muito interessantes e impressionantes. O Pior: O modo como a história se desenrola e é mostrada. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 2-NADA DE ESPECIAL
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Dolan's Cadillac (2009) Morte no deserto

Dolan's Cadillac (2009)

Título Português: Sede de vingança / Morte no deserto

Realizador: Jeff Beesley
Género: Crime, Drama, Thriller
Elenco: Christian Slater, Emmanuelle Vaugier, Wes Bentley, Greg Bryk, Aidan Devine, Al Sapienza, Karen LeBlanc
Sinopse: Robinson (Wes Bentley) e Elizabeth (Emmanuelle Vaugier) são um casal, e são professores numa escola secundária, mas um dia Elizabeth é testemunha de um assassinato por um grande criminoso, Dolan (Christian Slater). O casal fica protegido pela polícia porque irá testemunhar em tribunal contra Dolan, mas sem provas para que uma acção seja tomada contra ele. Dolan faz ameaças a Elizabeth para se manter calada, mas como ela não desiste de testemunhar, acaba por ser assassinada. Sem a justiça pela polícia em punir Dollan ou que seja feita justiça à morte de Elizabeth, cabe agora a Robinson uma missão de vingança, em que ele não irá desistir enquanto não apanhar Dollan. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: A história é de vingança, mas o que me fez querer ver o filme foi o método como o homem queria apanhar o criminoso. O filme é um pouco curto, vê-se bem, mas pensei que fossem desenvolver mais a história após a sua captura. Mas até vale a pena ver, alugando para ver em casa, não vale muito ir perder tempo para ver isto no cinema nem comprar o DVD. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 2-NADA DE ESPECIAL
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Everybody's Fine (2009) Estão Todos Bem

Everybody's Fine (2009)

Título Português: Estão Todos Bem

Realizador: Kirk Jones
Género: Comédia, Aventura
Elenco: Kate Beckinsale, Robert De Niro, Drew Barrymore, Sam Rockwell, Melissa Leo
Sinopse: Frank Goode é um recente viúvo, a sua mulher sempre foi muito ligada aos filhos, ele irá embarcar numa viajem para visitar os seus três quatro que não puderam ir a sua casa. Mas à medida que visita casa um deles, descobre que as suas vidas não são perfeitas e que existe algo que eles lhe estão a esconder. Frank está um pouco doente, mas não desiste de viajar de comboio e autocarro pelo país para ver cada um dos seus filhoes. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Estava enganado quando fui ver o filme, pensei que era uma “comédia”, mas nada tem de comédia, é uma “drama”. Mas está um filme muito interessante, não é normal ver Robert De Niro num filme deste tipo. Nota 3/5, actores, história e realização está boa, vale a pena ver. O Melhor: A prestação de Robert De Niro no seu papel. O Pior: Por vezes simples demais, que torna maçador para o espectador. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

A Christmas Carol (2009) Um Conto de Natal

A Christmas Carol (2009)

Título Português: Um Conto de Natal

Realizador: Robert Zemeckis
Género: Animação, Drama, Fantasia
Elenco: (Voz) Jim Carrey, Colin Firth, Gary Oldman, Robin Wright Penn, Michael J. Fox, Bob Hoskins
Sinopse: Um velho avarento enfrenta os fantasmas do Natal Passado, presente e futuro, pois eles o vão ajudar a trazer de volta a bondade do seu coração. Cada um dos fantasmas irá lembrá-lo do homem que ele costumava ser, da dura verdade do que o mundo é hoje, e que acontecerá se ele não se esforçar para ser um homem melhor. Na época do Natal, o dia mais alegre do ano, Scrooge vai ver o contraste que existe com a própria personalidade. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Apesar de não ser uma história original, e não será esse o objectivo, mas o ambiente visual está muito interessante. Animação está um pouco diferente do normal o que torna o filme mais interessante. Os movimentos faciais das personagens estão muito bons, muito melhor que o que acontece normalmente em outros filmes de animação. A voz das personagens está muito boa, especialmente a da personagem principal, de Jim Carrey. Os efeitos sonoros e banda sonora está muito boa, e talvez tenha sido este o aspecto que mais gostei no filme. Nota 3, vale a pena ver, está interessante e diferente do normal. O Melhor: As expressões e movimentos faciais, muito realistas. Os efeitos sonoros e o som em geral. O Pior: Como a história já é muito conhecida, torna-se um filme completamente previsível. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Uma Aventura na Casa Assombrada (2009)

Uma Aventura na Casa Assombrada (2009)

Título Português: Uma Aventura na Casa Assombrada

Realizador: Carlos Coelho da Silva
Género: Aventura, Mistério
Elenco: Sara Salgado, Francisco Areosa, Margarida Martinho, Ana Padrão
Sinopse: Os cinco amigos vão à procura de um diamante vermelho que se diz ter poderes sobrenaturais. Esse diamante será a única solução para que a casa que está na família de Filipa, não seja vendida. Para isso terão que ser corajosos e enfrentar os mistérios e os fantasmas que se irão atravessar no seu caminho para os impedir. E brevemente irão descobrir que não são os únicos à procura desse diamante quando são confrontados com criminosos perigosos. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Esperada um filme misterioso até interessante, mas estava enganado. Os efeitos sonoros que fizeram para dar uma ambiente de suspense e terror estava muito mau. Está mesmo ao género da série que dava na televisão, parvo e para crianças. Os efeitos especiais nem estavam maus, mas quanto à prestação do actores… fracos, muito fracos. A realização está demasiado má, com demasiadas falhas e erros. Nota 2, não vale a pena ir ver isto ao cinema, nem mesmo alugar, talvez ver um dia quando passar na televisão. O Pior: Os actores e a realização. O Melhor: Os efeitos especiais, apesar de não serem nada de extraordinário. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 2-NADA DE ESPECIAL
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Law Abiding Citizen (2009) Um Cidadão Exemplar

Law Abiding Citizen (2009)

Título Português: Um Cidadão Exemplar

Realizador: F. Gary Gray
Género: Drama, Thriller, Crime
Elenco: Jamie Foxx, Gerard Butler, Colm Meaney, Bruce McGill, Leslie Bibb
Sinopse: Clyde Shelton (Gerard Butler) é um brilhante planeador e inventor. Mas numa noite, dois ladrões invadem a sua casa em Filadélfia e matam brutalmente a sua esposa e filha, e quase o matam também. Os assassinos são capturados, e Nick Rice (Jamie Foxx) é atribuído o caso, e faz um acordo com um dos assassinos para testemunhar contra seu parceiro para apenas ser condenado a 10 anos de prisão. Clyde não quer que Nick proponha esse acordo, mas Nick segue em frente e o acordo é aceite e então só outro assassino é condenado à pena de morte. 10 Anos depois, o assassino é libertado da prisão, mas pouco tempo depois acaba morto. Clyde é preso e ele próprio confessa a Nick que foi ele, Clyde é metido na cadeia e diz a Nick que ele tem que corrigir o erro do sistema de justiça relativo ao seu caso, e que se ele assim não o fizer, todas as pessoas envolvidas no seu caso… irão morrer em breve! Mas mesmo na prisão as ameaças de Clyde tornam-se uma realidade, e Nick tem a obrigação de parar Clyde antes que a sua família seja a próxima vítima da vingança. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Pelo trailer já conhecia a história e sabia o que se ia passar, mas mesmo assim fiquei surpreendido, mas teria sido mais impressionante se não soubesse. A história está muito interessante e a realização está muito boa. As situações apresentadas funcionaram de forma interessante e algumas mesmo de forma impressionante. O filme poderia ter sido perfeito, mas a conclusão do filme é estúpida, o filme levava um rumo mas depois como os “bons” têm que ganhar aos “maus”, estragaram o filme. Acho que deveriam fazer para o DVD uma conclusão alternativa de acordo com que o espectador estivesse à espera, porque nos últimos 20 minutos o filme foi piorando de qualidade. Leva nota 4/5, porque está muito bom e adorei grande parte do filme, mas poderia estar melhor se não estragassem o fim. O pior: O fim/conclusão do filme. O Melhor: A história, a maneira como foram feitas as vinganças. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 4-MUITO BOM
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

The Imaginarium of Doctor Parnassus (2009) O Homem que Queria Enganar o Diabo

Imaginarium of Doctor Parnassus, The (2009)

Título Português: Parnassus - O Homem que Queria Enganar o Diabo

Realizador: Terry Gilliam
Género: Aventura, Fantasia, Mistério
Elenco: Johnny Depp, Heath Ledger, Jude Law, Colin Farrell, Christopher Plummer, Verne Troyer
Sinopse: Este filme trata-se de um conto moral de fantasia, adequado aos dias de hoje. Conta a história de Dr. Parnassus e o seu extraordinário "Imaginarium”, um espetaculo que anda de cidade em cidade em que os membros da audiência têm a irresistível oportunidade de escolher entre a luz e alegria ou a escuridão e tristeza. Com o extraordinário dom de guiar a imaginação dos outros, Dr. Parnassus é amaldiçoado por um segredo sombrio. Há muito tempo ele fez uma aposta com o Diabo, Mr. Nick, no qual conquistou a imortalidade. Muitos séculos mais tarde, junto do seu verdadeiro amor, Dr. Parnassus fez outro acordo com o diabo, trocando a sua imortalidade por juventude, com a condição de que quando o seu primeiro filho chegasse ao seu 16 º aniversário, ele ou ela, tornaria-se propriedade de Mr Nick. Valentina está agora a aproximar-se rapidamente desse dia, e agora Dr. Parnassus está desesperado para protegê-la de seu destino iminente. Mr. Nick chega para cobrar, mas, sempre disposto a fazer uma aposta, e ele renegocia a promessa. Agora, o vencedor de Valentina será quem seduzir primeiro cinco almas. Alistar uma série de personagens selvagens, cómicos e atraentes, na sua jornada, Dr. Parnassus promete a mão da filha em casamento ao homem que o ajuda a ganhar a aposta. Nesta corrida cativante, explosiva e maravilhosamente imaginativa contra o tempo, Dr. Parnassus deverá lutar para salvar sua filha numa paisagem de intermináveis obstáculos surreais - e desfazer os erros de seu passado de uma vez por todas... [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Julgava ser um filme sério, de fantasia mas sério, mas tornou-se demasiada comédia para o filme que tinha na expectativa, tornando-se muitas das vezes… “parvo”. Os efeitos visuais e CG não estão muito especiais, estão visualmente muito fantasiosos mais não realista quando em mistura com a imagem real. O ambiente CG do “Imaginarium” está muito interessante e colorido, mas quando é sobreposta com os actores, nota-se que foi filmado num “green screen”, o que torna muito falso. Quanto a utilizar a imagem de Johnny Depp, Jude Law e Colin Farrell, não foi feito com grande sucesso, cada um dos actores aparece apenas durante alguns minutos e com uma prestação que não é nada de especial. O filme foi uma enorme desilusão, parecendo que a preocupação não foi contar uma história, porque acaba por não contar nada de especial, mas sim, mostrar variadas cenas para impressionar visualmente o espectador. A actriz Lily Cole que faz de Valentina, mais parece ter 30 anos e não sei como a tentaram fazer passar por uma jovem de 16 anos. Nota 2/5, não está nada de especial, e achei uma perda de tempo. Gostei da sinopse e foi isso que me levou a querer ver o filme, mas a sinopse foi demasiado elaborada para o que o filme acaba por transmitir. Talvez o filme tenha ficado assim tão fraco por o actor principal, Heath Ledger, tenha morrido a meio das filmagens e o realizador teve que se “desenrascar” como pode, mas o resultado não ficou nada interessante. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 2-NADA DE ESPECIAL
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Amália - O Filme (2008)

Amália - O Filme (2008)

Título Português: Amália - O Filme

Realizador: Carlos Coelho da Silva
Género: Biografia, Música
Elenco: Sandra Barata Belo, Carla Chambel, Ricardo Carriço, José Fidalgo, António Pedro Cerdeira, Ricardo Pereira, António Montez
Sinopse: Biografia de “Amália Rodrigues”, uma cantora de Fado que atravessa o século XX e transforma-se num dos maiores ícones musicais em Portugal. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: O filme não está na da de extraordinário, talvez seja muito interessante para os admiradores da cantora, mas para um outro qualquer espectador, está um filme normal. Está um filme muito longo para o tipo de história que se está a mostrar. Os diálogos ainda estão um pouco fracos, não havendo muita preocupação para que tudo decorra com naturalidade, mas a prestação dos actores, não muito bons, também provoca que o filme não fique tão bom. O “playback” que a actriz que faz de Amália faz, não está completamente síncrono com a música, e isso nota-se muito. Dou nota 3, para um filme português, vale a pena ver para a maioria dos públicos. A qualidade de imagem (fotografia) está interessante e adequada ao filme. O Melhor: A qualidade da imagem. O Pior: É demasiado longo. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

The Blind Side (2009) Um Sonho Possível

Blind Side, The (2009)

Título Português: Um Sonho Possível

Realizador: John Lee Hancock
Género: Drama, Desporto
Elenco: Sandra Bullock, Tim McGraw, Quinton Aaron, Jae Head, Lily Collins, Ray McKinnon, Kim Dickens
Sinopse: Esta é a história de Michael Oher, um jovem sem-abrigo traumatizado em que ninguém acredita. Mas Leigh Anne Tuohy (Sandra Bullock) estará disposta a ajuda-lo, dando-lhe carinho, uma casa e uma família. E o rapaz que ninguém acreditava, virá ser um grande jogador de Futebol Americano da NFL. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Gostei do filme, está muito interessante, mais do que estava à espera. A história por vezes é comovente, e os actores estiveram muito bem, em particular Sandra Bullock. Nota 3, vale a pena ver, a história está muito interessante e está muito bem realizado. Foi um bocado estranho ver Sandra Bullock loira, acho que foi a primeira vez que a vi assim num filme. O Melhor: A prestação dos actores. O Pior: Um pouco longo demais. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Shinjuku Incident (2009) Massacre no Bairro Chinês

Shinjuku Incident (2009) AKA San suk si gin

Título Português: Massacre no Bairro Chinês

Realizador: Tung-Shing Yee
Género: Crime, Drama, Thriller
Elenco: Jackie Chan, Naoto Takenaka, Daniel Wu, Jinglei Xu, Masaya Katô, Tôru Minegishi, Jack Kao
Sinopse: Na China, Tietou é um pobre trabalhador de reparações de tractores sente a falta da sua namorada Xiu Xiu, ela foi para o Japão e nunca mais deu notícias. Durante a sua emigração ilegal para o Japão, Tietou perde os seus documentos de chinês e assim nem pode voltar para a China. No Japão ele é recebido pelos seus compatriotas que lhe arranjam sítio para dormir e trabalho ilegal na cidade. Durante uma operação policial nos esgotos da cidade, Tietou conhece um Inspector da Policia, Kitano, que é salto do afogamento na água suja dos esgotos. Devido a um incidente com o seu primo e um grupo de Taiwan, Tietou salva a vida de poderoso chefe da Yakuza, Toshinari Eguchi. Para sua compensação, é-lhe oferecido trabalho criminoso à troca de um bairro Chinês, no que se torna o chefe dos imigrantes chineses ilegais, mas os seus métodos pacíficos fazem que percam o respeito por ele e acaba por perder o controlo do bairro, que com o decorrer do tempo se torna um bairro violento como todos os outros. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Não é certamente o típico filme de Jackie Chan, mas adorei. Eu adoro Jackie Chan, mas sinceramente já estou a ficar farto do género de filmes que ele faz em Hollywood, comédias parvas para rir. Este filme foi uma autêntica surpresa para mim, não é um filme de acção nem uma comédia, é um drama, e o Jackie conseguir ter uma prestação muito boa. Eu estava sempre à espera que de um momento para o outro ele começasse à luta como nos típicos filmes dele, mas não, tinha uma história para mostrar e foi isso que aconteceu. Neste filme ele explorou outros papéis na sua interpretação e muito bem, num outro género completamente diferente. Nota 4/5, está muito bom e recomendo aos fãs de Jackie Chan, acho que vão adorar este filme, é um lado completamente diferente do Jackie Chan. Se ele continuar a fazer este tipo de filmes, acho que será uma óptima decisão. O Melhor: A prestação de Jackie Chan. O Pior: Ter que ver o filme com legendas. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 4-MUITO BOM
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Welcome To Macintosh (2008) Bem-vindo à Macintosh

Welcome To Macintosh (2008)

Título Português: Bem-vindo à Macintosh

Realizador: Robert Baca, Josh Rizzo
Género: Documentário
Elenco: ?
Sinopse: Um documentário que mostra a ascensão da Apple desde o seu primeiro computador, a evolução dos seus equipamentos e as pessoas que são adeptas dos produtos Apple desde sempre. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Está um documentário muito completo e interessante sobre a história de Steve Jobbs e todos os produtos que a Apple produziu até hoje desde o primeiro computador. Gostei de ver algumas imagens de quando Steve Jobbs ainda tinha os seus 20 anos. Nota 3/5, acho que vale a pena ver para conhecer. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 3-VALE A PENA
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo

Ponyo (2008) Ponyo à Beira-Mar

Ponyo (2008) AKA Gake no ue no Ponyo

Título Português: Ponyo à Beira-Mar

Realizador: Hayao Miyazaki
Género: Animação, Aventura, Fantasia
Elenco: (Voz: Versão Japonesa) Yuria Nara, Hiroki Doi, Jôji Tokoro, Tomoko Yamaguchi (Voz: Versão Portuguêsa) Patrícia Bull, Anaide Gutkin, Luís Esparteiro, Carmen Santos, Filipe Duarte
Sinopse: Ponyo é um pequeno peixe que um dia é encontrado por Sosuke, que o salva e leva-o num franco. Sosuke começa a gostar muito do peixinho, mas Ponyo não é um peixinho normal, o seu pai é um grande feiticeiro que está nas profundezas do mar. Ponyo acaba por voltar ao mar para perto do seu pai, mas eles ficaram com uma grande amizade um pelo outro e Ponyo regressa a terra contra a vontade do seu pai. Ponyo volta agora como uma menina, e parece que entre Ponyo e Sosuke existe o verdadeiro amor, e essa será a única possibilidade para que eles fiquem juntos em terra. Mas para isso terão que convencer o grande feiticeiro e provar que isso é verdade. [por Jorge Ferreira | Jomirife]


Crítica: Visto ser um filme apontado para as crianças, está muito bom. A animação é tradicional, o ambiente visual está muito interessante e a história muito engraçada. Nota 4, visto se para crianças, acho que as crianças vão gostar muito de ver. [por Jorge Ferreira | Jomirife]

Nota: 4-MUITO BOM
5-Incrível | 4-Muito bom | 3-Vale a pena | 2-Nada de especial | 1-Péssimo